O outono



O outono é igual 
Ao amor não correspondido
Suas folhas caídas no chão
Me lembram 
As lágrimas que um dia derramei.

Seus galhos secos 
Me remetem 
Ao sofrimento cometido 
Por esse amor.

Seu frio repentino 
Ao amor 
Que um dia 
Não foi correspondido. 

Nenhum comentário