Questão de Destino!


Perguntas não precisam ser respondidas, porém vividas.
A quem pedir ajuda quando estou em crise?
Eu tenho sempre os recursos para enfrentar as tempestades.
Amanhã terei as respostas para aquilo que hoje parece impossível. Mas onde estão as respostas?
Muito próximas. Estão guardadas em uma câmara, lugar de todos os livros das minhas histórias, aquelas que eu vivi e até mesmo aquelas que eu esqueci, alegres, tristes, mas todas fascinantes.
Algumas perguntas surgem inesperadamente e em momentos como se eu estivesse em transe, e partem tão misteriosamente como chegaram!
Sou o somatório de minhas experiências, vitórias e vitórias – porque ninguém é derrotado –, quando o chamado fracasso ocorre, acontece a magia da TRANSFORMAÇÃO.
E, o coração sabe mais do que o cérebro quando se trata de sentimento.
Está em mim o poder de realizar as mudanças que preciso, pois, minha vida se transforma conforme meus pensamentos.
Não são as respostas que me fazem viver bem, mas minha vontade de fazer aquilo que preciso fazer.  Embora não tenha certeza de nada, eu acredito em meus sonhos e os sigo. Simples assim!
Faço o que meu coração diz, não o que outros me dizem.
Às vezes observo minhas cicatrizes, decorrentes de minhas ousadias, porém fiz o que queria fazer.
Sempre vou enfrentar o inesperado, por mais que eu planeje, por isso aprendi a respeitar o tempo para as coisas acontecerem.
Até porque o tempo não existe!
Logo, nunca é tarde para mudar, principalmente se isso implica no próprio destino, embora, muitas vezes o estímulo para encontrar o destino seja um sofrimento.
Seja qual for o caso, eu reflito e não deixo de ir em busca do meu destino!

Nenhum comentário