Featured Slider

Ator Eluizio Felix | ENTREVISTA COM ARTISTA #2


1) Conte sua história como ator.
    
    Bom, eu tive meu primeiro contato com Teatro em Novembro de 2010 quando participei de uma oficina de teatro de rua, em Indaiatuba, promovida pela secretaria de cultura. A oficina terminou em Março de 2011 e ai eu fui convidado por alguns amigos que fiz na oficina para fazer parte de um grupo teatral da cidade a "Cia Teatral Valeu a Pena" e no mesmo mês já participei como povo da representação da paixão de cristo de Indaiatuba. E na cia eu participei da peça "Cinderela" que ai é que eu considero minha primeira peça porque eu tinha um personagem.

E daí participei de mais dois grupos de teatro da cidade de Indaiatuba, fiz dois comerciais para uma loja de tintas em 2013 e até que em 2015 eu passei num teste para integrar o elenco de uma cia profissional especializada em espetáculos infantis, e fiquei lá por 2 anos e viajamos o Brasil se apresentando.

Em 2017 surge a "Cia Os Atores" que fundei com mais três amigos, produzimos o espetáculo "Bem Casados" que foi um sucesso e ficou em cartaz por dois anos, até abril do ano passado (2019). Só que ai em Dezembro de 2018 eu e meu amigo Nando Almeida (Ator de Indaiatuba, também) fizemos uma participação na Série "Sintonia" Produzida pelo
KondZilla e Alice Braga em São Paulo, e ai eu já tinha o desejo latente de mudar para São Paulo então em Fevereiro de 2019 mudei aqui pra São Paulo pra estudar mais interpretação pra Câmera, porque até então a minha experiência maior era em Teatro e tem uma grande diferença em Interpretar para Teatro e Interpretar pra Câmera, ai em Março participei como coadjuvante de um comercial para a perdigão aqui em São Paulo e fiquei cada vez mais encantado pelo atuação em cinema, tv e publicidade…Desde então venho me aperfeiçoando cada vez mais.

Mas o teatro não ficou de lado, em AGOSTO DE 2019 em uma conversa com um amigo que fez o comercial da perdigão comigo e depois eu descobri que ele também atuou na Série "Sintonia" a gente resolveu montar uma peça curta, para ficar em Cartaz em São Paulo, ele chamou mais um amigo, deu certo e montamos uma peça chamada "Te Encontrei" que ficamos em Cartaz até o fim do ano, e íamos voltar em Março, porém a Pandemia não permitiu, assim como também outro espetáculo que eu ia estrear em Abril, os ensaios foram paralisados pelo mesmo motivo, e estamos até então sem previsão de voltar.

2) Qual seu foco (maior objetivo) como ator
   
    Meu maior objetivo é contar história que toquem as pessoas de uma forma especial, que façam refletir, que façam pensar, que façam questionar e também se divertir, claro, mas eu gosto de trabalhos que fazem as pessoas pensarem, além de só entreter, entende?

3) Como você se prepara para atuar? Tem truques, rituais...

    Olha Re, na verdade não tenho nada de especial... Eu apenas gosto muito de ensaio, por mim eu ensaiava sempre todos os dias para apresentar um bom espetáculo. E preparação para entrar no Palco, eu apenas me concentro bastante no dia inteiro da apresentação, para que nada externo me afete, para que eu não fique pensando em nada na apresentação entende? Principalmente horas antes de subir no palco, eu até fico mais em silêncio.

4) Quais são suas qualidades e defeitos como ator

    Qualidades eu posso dizer que o querer ensaia bastante, estudar muito e sempre o personagem é uma delas. Depois eu acho que fazer o que for preciso para criar o personagem como mudar o visual, mudar a estética do corpo por exemplo, eu faço. Na verdade eu faço o que for necessário para compôr o personagem. Eu me doou completamente para o personagem no período em que eu estiver vivendo ele. Porque é isso que eu faço, eu vivo ele. Agora defeitos... tem uma coisa que eu não chamaria de defeitos, mas sim uma falha que todo ator pode ter cometido um dia e eu fiz isso no começo da carreira é não estudar o personagem, não "decorar" texto, não se comprometer mesmo em contar uma história bem contada.

5) Quais os projetos (comercial, teatro, novela...) que você participou ?

    Já participei da montagem de 17 espetáculos teatrais ao todo, esse ano seria o meu 18°. Três comerciais para TV, dois em Indaiatuba, pra loja Tamandaré Tintas e um aqui em São Paulo pra Perdigão. Novela eu não participei como elenco, nem coadjuvante, mas fiz algumas figurações quando eu cheguei aqui em São Paulo, para pode conhecer como funcionava um Set de Filmes, etc... E na verdade foram
uma novela "A Dona do Pedaço" porque a maioria das novelas da globo, são gravadas no Rio. E depois fiz algumas figurações em filmes, séries da netflix como "Sintonia" que na verdade fui coadjuvante e "Irmandade" só figuração mesmo, da globo fiz "SEGUNDA CHAMADA" e a Minissérie "HEBE" e em comerciais fiz algumas outras também.

E atualmente, com a paralisação devido a Pandemia fiz um participação numa We-Série chama "A Quarentena" que lança episódios toda semana, no canal exclusivo deles no Youtube toda Sexta-Feira. Eu participo do 3° Episódio.E gravei também WEB-SÉRIE "22" que também lança os vídeos no Youtube todas as Quintas-Feiras, e nessa eu estou como Elenco. E estou bem feliz com o resultado, da produção e da divulgação, porque ela é dirigida por um cara muito talentoso e que está em ascensão aqui em São Paulo, ele está focando em trabalhar com influenciadores e já dirigiu a Série: "Em Prova" que originou o filme "Amiga do Inimigo" e o Filme "Sem Sinal" da Youtuber Viih Tube ( 10 milhões de
inscristo), Dirigiu o Filme "Flops - Uma Aventura Musical do Youtuber Lucas Rangel (9 milhões de inscritos) e essa série é lançada no canal de um dos protagonistas da série, que tem pouco mais de 300 mil inscritos no canal e a série está muito bem vista. O 1° Episódio que estreou dia 17 de Julho, está com quase 500 mil visualizações em 10 dias e o 2° está com pouco mais de 270 mil visualizações em 4 dias. Então estamos torcendo para ter uma segunda temporada. Link para o Série 22:https://www.youtube.com/watch?v=Q1YPOKbn0kE

6) Qual mais te marcou e por quê?

    O que mais me marcou na minha carreira foi o espetáculo "Bem Casados" com a Cia Os Atores. Porque ele me fez abrir os olhos para a realidade que é você produzir um espetáculo de teatro, colocar ele pra rodar "sem dinheiro", sem patrocínio nenhum, sabe? E era a gente (os 4 atores) que fazíamos toda a parte de produção, tivemos um diretor, mas ele somente dirigiu a parte artística mesmo, mas o resto era tudo com a gente e foi duro, mas foi um bom aprendizado, uma boa
experiência.

7) Quais/Quem são suas maiores inspirações?

    Os Atores Lima Duarte, Rodrigo Santoro, Alice Braga, Wagner Moura e Lázaro Ramos.

8) Tem alguma dica pra quem esta seguindo a carreira de ator

    Pra quem quer fazer teatro eu falo: Desista. rs Brincadeira. Eu sempre respondo isso, porque foi o que a grande Fernanda Montenegro falou quando fizeram a mesma pergunta pra ela. Ela disse isso e depois completou dizendo: Que se caso você fique no desassossego tão grande que chegue ao ponto de querer morrer por falta dos "palcos" ai volte, mas se não, vá fazer outra coisa. Porque isso!? Porque muitas
pessoas no começo quer seguir a carreira achando que ser Ator de Teatro é Glamour, é mar de rosas, paetês, fama e não é bem assim... Existe os Artistas de Televisão, Cinema e Séries agora e Existe o Ator, Ator mesmo de verdade. Então se você se apaixonou pelo teatro e quer seguir carreira mesmo como ATOR, a minha dica é ESTUDE, estude muito, sempre, nunca pare de estudar e outra coisa crucial, produza, se auto-produza, não espere ser chamado para os trabalhos, se auto-produza, mas saiba que o custo, sem dinheiro, você até faz, mas é ainda mais difícil. Mas se você ama atuar, tá tudo certo, você será recompensado quando estiver no palco. ;)

9) Deixe suas redes sociais (blog, insta, página)
Instagram: https://instagram.com/eluiziofelix
Perfil no Facebook: https://fb.me/eluiziofelixjunior
Cana no youtube: https://youtube.com/eluiziofelix1

​​10) Divulgação de algum trabalho atual

    A WEBSÉRIE "22" me sigam no Instagram (que é onde eu mais divulgo tudo) e se inscrevam no Meu Canal que em breve tem novidades por lá também! E é sério, novidades boas mesmo, de verdade. 

Finalizando só agradecer Re, gratidão a você por ser uma parceira na arte, uma amiga, sempre muito gentil, atenciosa e focada em divulgar e fazer arte, gratidão pelo seu trabalho com o Sarau Florescer, agora com o Nova Geração de Pensadores, parabéns pelo seu trabalho, mesmo! Você é muito importante pra arte em Indaiatuba além de ser muito especial pra mim. E gostaria de agradecer também a todos que leram até aqui, todos que assistiram, fico muito feliz por isso, gratidão e se quiser me seguir e chamar lá na rede pra trocar uma ideia (dependendo de quando você estiver lendo esse texto ou assistindo esse vídeo) pode chamar. GRATIDÃO!

Muito obrigada pela participação!

Assista ao vídeo da entrevista no link:
0

Poema em grupo


O que seria a vida senão
dadiva deus ou
armadilha divina

Cheia daquilo que amamos
E do que podemos nos arrepender
Uma bela oportunidade para se ferrar
Ou apenas acreditar ?

E que momentos são estes?
Em um dia ou 365 dias
A vida é cheia de poesia

Carregado de grande aprendizado
Com algum proposito no final
O que importa o que é a vida ?

Se nela nada se arrepende
Vale cada momento e cada armadilha
Sendo divina a vida...

0

Escritor Celso Ghelardino Gutierre | ENTREVISTA COM ARTISTA #1




1) Conte sua história como escritor.
Começou em 1994, todavia permaneceu em hibernação até 2014 quando voltei a escrever com maior fluência, sobretudo após ter realizado meu “Caminho de Santiago”.  

2) Qual seu foco como escritor (maior objetivo)?
É levar aos meus leitores o pensamento positivo, a crença na superação de todos os obstáculos, a paz e o conceito de que podemos nos transformar segundo nossa vontade.

3) Como é seu processo de escrita? Você ouve músicas, como escreve...
Às vezes apenas pegar rapidamente papel e caneta e deixar a inspiração fluir. Outras vezes, tenho uma ideia há algum tempo e decido escrevê-la neste caso gosto de ouvir música. 

4) Como nasceu o livro "Ser feliz é uma questão de escolha"?
Há muito eu tinha vontade de escrever um livro, até que “por acaso” vi uma chamada no “Facebook” convidando escritores para participarem de uma Coletânea Literária. Na ocasião a Editora não conseguiu o número mínimo de escritores e o projeto foi cancelado. Todavia, o projeto havia revivido o desejo de escrever meu próprio livro, então resolvi tornar realidade o antigo sonho. 

5) Qual a importância para você como criador da obra e mensagem que livro traz?
É a prova daquilo que escrevo: “Nós podemos”! As mensagens são de realização, de esperança, de otimismo e acima de tudo de que a vida é uma dádiva. 

6) Quais são suas maiores inspirações?
As pessoas, o esplendor da natureza, os sinais que recebemos através dos fatos aparentemente despretensiosos. 

7) Tem alguma dica de escrita?
Trabalhe sobre o que escreveu, tal qual o lapidador de joias. 

8) Quais seus hábitos de escrita (qualidades e defeitos)?
Qualidades: Conseguir envolver o leitor.
Defeitos: Preciso me policiar para não repetir palavras.

9) Deixe suas redes sociais (blog, insta, página)
Blog: http://nolimiardeumanovaera.blogspot.com
Instagram: Celso G. Gutierre

10) Site e formas de adquirir o livro.
WhatsApp (19)99516-3035

Muito obrigada pela participação!

Assista ao vídeo da entrevista no link: https://youtu.be/oI-ZAHLvpoA
0
A história do Rock’n Roll
By Celso Ghebz Ghelardino Gutierre

A finalidade deste ensaio era tão somente, ao estilo jornalístico, descrever a história de um gênero musical, todavia tornou-se impossível não mencionar o seu efeito social.
Pesquisando sobre as origens do Rock eu acabei confirmando que nada é por acaso. Descobri que através de um ritmo musical aconteceu a aproximação de duas cores, não somente como amálgama de ritmos, mas de pessoas. Iniciou-se a lenta dissuasão sobre a segregação racial. Respeitando o livre arbítrio com que fomos presenteados, Ele fez com que notas musicais, tocadas mais rapidamente, proporcionassem espontaneamente a liberdade que ultrapassou a harmonia musical para aproximar e derrubar as barreiras entre irmãos.
Ainda hoje, depois de ter visto tantas provas, me surpreende como Ele faz o arranjo das coisas por aqui...
Mas, vamos a história que eu me propus contar.
O Rock é muito mais do que um estilo musical, assim como ajudou na conquista dos direitos da igualdade racial, derrubou barreiras com sua música, letra e atitudes e, por isso, a identificação com os jovens foi imediata.
Como surgiu? Quem criou?
No século XIX no sul dos Estados Unidos surge um ritmo, manifestando o sofrimento escravo através do canto triste do “Blues”. Mais tarde, nas primeiras décadas do século XX, chamada de “Race Market”, música feita por negros para negros. Até que em 1945 Cecil Gant, um soldado grava “Cecil Boogie” abrindo caminho para “The Honeydripper” com Joe Liggins com um ritmo tão contagiante que, quando tocada em clubes fazia todos dançarem.
Por essa época surge o “Jump Blues”, com um ritmo mais rápido que o “Blues” tradicional e simultaneamente o lendário Muddy Water introduzia a guitarra elétrica. Gradativamente é acrescido o country, o gospel, o jazz como música raiz, naturalmente já era parte intrínseca.
Em 1949 a revista Billboard substitui as denominações preconceituosas, tais como, Race Market, Race Record, Race Music e outras parecidas, para “Rhythm Blues”.  Ocorre o lançamento de Rock in the Joint, com Jimmy Preston e Rock Awhile, com guitarra elétrica e piano tocado em ritmo Boogie Woogie, que são consideradas as primeiras de Rock and Roll, enquanto há quem considere que seja “Strange Things Happening Every Day” gravado por Sister Rosetta Tharpe, chamada por alguns de mãe do Rock. Todavia, eu considero, assim como a maioria, que o primeiro Rock foi a música “Rocket 88”, gravada por Jackie Brenston, grande sucesso em 1951.
O nome Rock’n Roll já havia aparecido antes, em 1942, na revista Billboard ao descrever a música “Rock Me” da já mencionada Sister Rosetta Tharpe. Porém o nome tornou-se popular graças ao DJ Alan Freed em 1951, que em seu auditório juntava jovens brancos e negros quebrando a segregação do racismo.
Com o sucesso de Rocket 88, várias gravadoras passaram a investir nesse tipo de música. Mas a “coisa” aconteceu em 1954 através de alguns acontecimentos.
Um jovem de 16 anos, em Memphis Tennessee grava um disco com a música “That’s all Right”;
Charles Edward Berry – faz sucesso tocando sua guitarra e cantando em Saint Louis – Missouri;
A música “Shake, Rattle and Roll”, fica 32 semanas no topo das paradas em Nova York.
O jovem de 16 anos é Elvis Presley, Charles Edward Berry é Chuck Berry, e a banda que fica 32 semanas no topo é Bill Haley in the Comets.
Bill Haley grava Rock Around the Clock, talvez seja possível dizer que ela é o grito do Rock’n Roll, a música explode em 1955, como parte da trilha sonora do filme Sementes da Violência (estrelado por Glenn Ford). O filme é apresentando não apenas nos Estados Unidos, mas no mundo tudo e assim o Rock ultrapassa as fronteiras norte-americanas.
Ainda em 1955 surgem Fat’s Domino com “Ain’t That a Shame” e Little Richard chega ao topo das paradas americanas com “Tutti Frutti”. Elvis passa a apresentar-se na TV e torna-se conhecido em todo o país.
Outro fato que ajudou muito, apesar de não ter nada com a música, foi o filme de 1955, que se identificou com a imagem e o comportamento dos jovens: “Rebel Without a Cause” com James Dean.
Chuck Berry lança 1956 “Roll Over Beethoven” e em 1957, “Johnny B. Good” um dos hinos do Rock’n Roll.
Ainda em 1956, Elvis aparece em rede nacional de TV e atinge 83% de audiência, também nesse ano lança seu LP que contém vários clássicos do Rock, entre eles “Blue Suede Shoes”.
Elvis tornou-se um dos ícones mais fortes do século XX, desde o início chamou atenção por sua voz com extensão de barítono e tenor.  Tanto Little Richard quanto Carl Perkins (cantor e compositor, inclusive de Blue Suede Shoes) afirmam da sua importância ao fato de ser branco e interpretar uma música considerada de negros. Richard afirmou em entrevista que, sem Presley o Rock não teria chegado onde chegou. Coincidência ou mais um arranjo Dele...
A partir daí Rock and Roll, baby... 

0

O que será que serei?



O que será que serei?
A partir de escolhas
Soma do que fui e
Do que construirei
Ser(ei)
Parte do que Sou
E outra de novas e ricas experiências
Digo, Ei Calma!
Pense, reflita, anseie...
Sem ansiedade, escolha com calma
Que dessas escolhas
Parte do que você é
Será construído e como será lindo!
Vai ao seu propósito, ao seu singelo olhar...
Vai que ainda tem tantas outras escolhas após isso...
Vai com calma, ser quem tu És!

0

Estou condenada



Acho que estou condenada
a esse sofrimento
já fazem 5 anos
que estou vivendo
nesse inferno agoniante

Acho que nunca vou
sentir esse sentimento
lutei todo esse tempo
e sempre acabo desse mesmo jeito
com lágrimas escorrendo

Será que irei, passar a vida inteira
como um pirata em busca do ouro
e sem nunca conseguir encontra-lo ?

Minhas responsabilidades estão chegando
o que fica cada vez mais difícil
conseguir esse precioso ouro.

Talvez o meu destino
seja ficar acorrentada a isso
sempre desejando o ouro
mas sempre o perdendo em meio a
correnteza desse mar agitado.

0
A conquista da Luz
By Celso Ghebz Ghelardino Gutierre

Qual a reação comum quando alguém se destaca através da inteligência, cultura, talento, poder e fortuna, e de um momento para outro vê-se sem nada do que o havia elevado aos olhos da vaidade humana.
Há um exemplo de alguém que teve por companheiros o poder, o prestígio e a fortuna, que o projetaram acima da maioria das pessoas de sua época, porém, como chega para todos, a morte veio buscá-lo e nada o acompanhou além de seus pensamentos.
Nova chance foi oferecida cinquenta anos após, porém dessa vez foi acompanhada por dolorosas experiências através da prova da escravidão física. Os olhos da vaidade humana agora viam aquela criatura com desprezo e preconceito.
Esse cadinho depurador com propriedade o levou a muitas reflexões e descobertas.
A revolta não encontrou guarida em seu coração. Seus pensamentos adquiriram cores que traduziam nobreza. Cada uma das pedras de seu caminho foi reunida e sobreposta, edificando sua escada da sabedoria, fazendo-o elevar-se acima das vaidades fúteis do ego.  Iluminou-se, bem como aqueles à sua volta.
Emmanuel, foi o mentor do grande discípulo contemporâneo de Cristo, Chico Xavier. Através dele, transmitiu seus conhecimentos através de dezenas e dezenas de livros.
No caminho milenar da evolução passamos por incontáveis experiências, que construirão nossa escada em menor ou maior tempo, a velocidade é determinada por cada um de nós.

0

"Me ama"

Diz que me quer e me ama,
Enquanto tá de pau duro.
Repete que me canoniza, me aclama,
Me coloca num pedestal,
Mas está longe de me ver em seu futuro.

Corre tuas mãos por meus seios, meu ventre,
Mas não ousa tocar-me a alma,
Beija suave, com calma,
Sabendo que me tens quando deseja,
Me possui e me condena.

Faz com que eu implore por alívio,
Traz orgasmos e gritos,
Mas de tantas noites e tantos gemidos
Jamais pôde despertar-me um sorriso.

Se lambuza de mim,
Cospe palavras de amor,
Faz juras eternas, promete não ter fim...

E ficamos enroscados,
Nesse ciclo eterno...
Nossas almas condenadas,
E eu o acompanho por todos os infernos.

Submissa a ti,
E não foi só na cama.
Me submeto a ti,
E você tenta jurar que me ama.

Mas que amor esquisito esse que me promete,
Me ama esta noite,
Me ama amarrada, calada,
Me ama sem me amar.

Coloca teu corpo sobre mim, mas não me sente por inteiro,
O amor que tanto jura se revela algo passageiro...
Me pune e castiga,
Mas não é capaz de tomar minhas dores,
Mesmo jurando tantos amores...

0
Mulher

Empoderamento, palavra atualmente na moda, usada à exaustão em entrevistas.
Por que não substituir empoderamento por respeito?
Parece que se ambiciona características masculinas para a mulher.
A mulher não carece de postura masculina para ser respeitada.
O Homem novo há que ganhar importância. As guerras devem ser vencidas pela paz. Paz que passa, também, pelos sexos masculino e feminino.
A diferença entre ambos requer complementação ante o confronto.
A força se manifesta nos atributos feminino e masculino.
Maria foi a mais forte das mulheres, ela é o símbolo máximo de amor, de força, de perdão e resignação.
A beleza da mulher não se restringe às limitações físicas, mas à sua graça, delicadeza e sensibilidade que externam espírito vivaz e inteligente.
A mulher precisa estar ciente da sua importância na espécie humana. A capacidade de trazer a vida, por si só, já bastaria, todavia, ela é muito mais que isso, ela se fez arauto da maior dádiva da humanidade: o AMOR.
Sem a mulher o mundo não teria evoluído tanto.
Mulher, filha dileta de Deus.
Seu exemplo é tão marcante que o homem, cada vez mais, segue seus passos. A sensível mudança observada na postura masculina o confirma.
Chegado é o tempo do equilíbrio, da luz que permite a visão através do véu do preconceito, admitindo grandes descobertas íntimas. 

By Celso Ghebz Ghelardino Gutierre


0
O PENSAMENTO

O pensamento é composto pelas propriedades lógicas, meditativas, reflexivas. Não apenas concebe, mas combina e compara ideias através da inteligência.
É o gerador da vontade, que por sua vez leva ao ato. O controle da vontade impede que desejos gerem pensamentos inferiores e por decorrência atitudes idênticas. Quando se alimenta um determinado pensamento constante, ele fica potencialmente mais forte e plasma a ideia que produz a atitude.
O pensamento cria um campo energético em torno, que promove sensações agradáveis ou desagradáveis em decorrência de seu teor. Dessa forma ao dirigir, por exemplo, o pensamento para alguém o emissor sente seus efeitos, pois está envolvido pelo campo energético.
Sabe-se também que, por afinidade, pensamentos atraem pensamentos afins, portanto, influenciamos e somos influenciados. 
Alimentar pensamentos positivos desde o momento em que se levanta amplia sensivelmente as possibilidades para um bom dia.
O homem se transforma no que pensa, logo no que quer.
O pensamento tem, também, influência direta sobre a saúde.
A doença e a cura são consequência do tipo de pensamento que alimentamos: pensamentos elevados resultam em saúde; pensamentos inferiores têm por resultado a doença.
Pensar é muito mais complexo do que parece, pois gera consequências. Ter disciplina no pensar é indispensável.

By Celso Ghebz Ghelardino Gutierre
0
A vida e suas lembranças
By Celso Ghebz Ghelardino Gutierre
A vida passa tão rapidamente que, por vezes, não nos damos conta do que realizamos em determinado momento.
São tantos acontecimentos que boa parte fica escondido nas profundezas da mente, tal qual uma grande biblioteca e suas áreas de menor consulta, todavia, quando precisamos eles vêm à tona.
E, como é bom, pois trazem momentos aparentemente perdidos no tempo. Lembranças com detalhes que nos fazem viver novamente cada instante. Ocorre o despertar de um determinado sentimento que é muito mais do que uma simples lembrança. É saudade. Ela comparece carregada de cores, sabores, perfumes, imagens e sons.
Sentir saudade é recordar com emoção. Quando surge provoca dor suave e satisfação, que levam o coração a querer mais.
Momentos variados desfilam pela mente incrementando a surpresa, revivendo novamente cada instante passado como se realizado agora.
Doces recordações de um tempo que já se foi, mas qual obra das fadas dos encantados bosques Celtas, voltam magicamente à vida, mesmo que por um breve momento.
A dor é sublimada transformando-se em pura alegria. Despontando como felicidade. Aquele momento longínquo ganha vida novamente.
Maravilhosa dádiva dos céus! 
0

Tormenta

Você é tormenta.
Tempestade sem precedentes,
Gotas rasgando a pele,
Ardentes.


Amor de verão,
Me aquece, me molha,
Faz ribombar o desejo,
Me toma de corpo, alma e coração...


Dedos hábeis, boca seca...
A respiração entrecortada,
A carícia... A posse...
Enquanto cada célula o deseja.


Ajoelhada diante de ti, sou Maria,
Amante, Mulher e Amiga...
Ajoelhada diante de ti,
Sou Maria virgem, dominatrix e submissa...


Algemada, com tanto a dizer,
Mas teus lábios são hábeis,
Calam os meus,
Tuas mãos me vendam da razão...


O açoite passeia pelo corpo...
Uma surra de desejo.
Sussurra que estou livre,
Mas te pertenço, e não pertenceria a nenhum outro...


Entre mordaças e carícias,
O mundo se cala.
E então nós gritamos,
Enquanto nossas almas se tocam e desabam...


Após o ápice, minhas mãos buscam as tuas...
Querendo conhecê-lo...
Olhando teus negros olhos,
Te espiando através dos cachos bagunçados...


Fui tola em afirmar,
Esse amor não é verão! 
Essa ânsia por ti,
Me perseguirá pela próxima estação...
0

Quero você!



Agora eu não posso te ver, agora que você não pode ver que eu estou aqui, não consegue sentir o meu coração, os batimentos, a minha pulsação na noite quente do mormaço na cidade, não pode me ver queimando por fora, não pode sentir o meu calor por dentro, não pode sentir o meu vapor saindo do asfalto, a minha fumaça indo com o tempo e invadindo o teu quarto. 


Você não pode escutar os meus passos ao me materializar, não pode ver as marcas deixadas pelos meus sapatos sujos de lama no carpete sem cor do quarto, não pode ver a pena branca que eu deixo no mesmo. Não pode sentir a minha respiração em seu rosto enquanto mexo em seus cachos, não pode sentir a textura áspera de meu casco. 


Perdido em minha natureza ora divina e angelical, ora demoníaca amaldiçoada, não sei se sou um anjo ou um súcubo, apenas sei que você não pode me ver, enquanto dorme o sono dos tolos, você não pode me ver ajoelhado em frente da sua cama, não pode ver o meu olhar, as mil intenções contidas nele, você não pode ver a minha vontade, a vontade de entrar em sua selva. Quero entrar na sua selva! Quero entrar com a minha língua, te molhar, quero te borrar de batom! Os meus dentes, minha língua são a tipografia que marcam a sua pele, escrevem na tua floresta, incendiaram Roma e fizeram de minha vontade a arca em seu dilúvio.  


Noé, a arca, Nero, Roma, romã, o fruto com mel, que poderia ser do Éden, assim como eu, serpente de seu jardim que me envolvo em suas pernas, sibilando baixinho, para não acordar a floresta, insinuante a cada curva e úmido, eu subo, sentindo a textura da sua pele, a maciez de suas coxas, deixando o meu rastro em vermelho, tatuado em suas veias, sentindo o seu cheiro, querendo o teu gosto, querendo o teu eu mel. 


Eu quero o caos de suas pernas tremendo e molhando a minha barba, eu quero os meus lábios em tua flor, eu quero os teus pelos, eu quero uma dose de você eu quero me embriagar de você. Quero a pena e a tinta em minhas mãos, quero te desenhar guiado pelos meus instintos, que em branco e preto, quero a cores, quero voltar no tempo, quero aquilo de novo, quero rabiscar, quero errar, quero dormir em teus seios, quero te acordar todas as noites, quero tudo e não posso nada. 


Quero você! Quero você em mim, me tocando, deixando rastro de saliva, quero você me olhando, quero você me molhando, quero você acordada, quero você sã, quero você louca, quero você sóbrea, quero você embriagada, quero você de quatro, quero você de madrugada. Quero pintar em tua tela a noite a flor mais doce que ficou em meu paladar, quero escrever com os meus tipos as noites mais loucas que eu ainda irei de provar.  


Eu quero mais uma noite em seu sofá, ou no sofá de sua tia, eu apenas quero, quero ser uma abelha em sua colmeia, uma presa em sua teia, quero ser objeto de meu objeto, escravo de minha escravidão, ser mais um acorde errado em sua música desafinada, acordar os vizinhos com a nossa melodia, do silencio de nossa sinfonia após o telefonema do porteiro, de marcar de amor às paredes do apartamento. 


Eu quero mais uma marca de sua topografia em meu corpo, dos arranhões delimitando as divisas, das mordidas indicando as capitais, dos roxos chupões apontando as zonas percorridas de meu corpo, da minha pele debaixo de suas unhas, dos fios de cabelos entre os seus dedos, sendo prova do meu pecado em suas mãos. 

Thales Mileto 
1

Superioridade




É essa superioridade sua 
que está nós separando 
esse seu jeito de querer sempre 
ser superior a mim de alguma maneira.

Mas adivinhe meu amor 
nós temos a mesma capacidade 
e por isso nenhum de nós é superior ao outro.

 Única coisa é que cada um é de um jeito 
a forma como vemos o mundo é diferente 
enquanto eu me expresso através da arte 
você querido, se expressa de outra maneira 

E não é certo ou errado 
apesar de sermos diferentes 
na forma de agir, pensar e se expressar
meu amor, somos iguais e 
não superior a nós mesmos.




0